Traduzindo o termo DATA para o cotidiano

Gráfico do Google NGram Capítulo de Livro

Dados, dados e mais dados. Dados por todos os lados, notícias, opiniões, decisões e até quando tentamos construir uma percepção sobre as mais diferentes questões os dados são utilizados para sustentar os principais conceitos envolvidos.

A participação dos dados no nosso cotidiano não chega a ser uma novidade. Desde sempre nos baseamos neles para estabelecer nossa percepção de mundo e na construção de opiniões e na tomada de decisões. No entanto, cada vez mais disponíveis, os dados passaram a fazer parte do cotidiano de todos e em todas as esferas de ação. Todos os dias somos colocados em contato com informações baseadas em dados e, com eles ganhando o protagonismo crescente, somos impelidos a tentar entender do que se trata. Mas nem sempre é tarefa fácil, são muitos ‘DATA-alguma- coisa’ definindo conceitos que encerram em si outros conceitos relacionados ao que podemos fazer com os dados.

Esta inundação de citações ao termo ‘DATA’ vem crescendo de forma exponencial: são postagens, notícias, artigos, livros e todos trazendo os ‘DATA-alguma-coisa’ como se todos tivessem a obrigação de conhecer o significado destes conceitos.

Muitos destes conceitos são oriundos de situações reais e resultantes de fatores que os avanços tecnológicos proporcionam, enquanto outros são definidos por empresas (as tão famosas buzzwords). Uma questão que emerge deste cenário é que muitas vezes utilizados como argumento de venda, estes conceitos acabam por receber conotações que se sobrepõem aos sentidos denotativos.

Nesse sentido, apresenta-se uma seleção de conceitos que permeiam a questão dos dados, especialmente aqueles que têm relação direta ao uso de dados em ambientes informacionais digitais. Os conceitos foram selecionados a partir do critério de maior presença em publicações, em especial livros, e, no final, apresentamos um exemplo de uso de dados para ilustrar, exatamente, esta questão da presença do termo ‘DATA’ em livros. Cabe lembrar que são definições simplificadas de cada um dos conceitos, e que tiveram como objetivo uma visão geral de cada termo, mas que permita ao leitor se posicionar quando encontrar os tão presentes ‘DATA-alguma-coisa’.

Acesso ao e-book

Fernando de Assis Rodrigues
Dr. Fernando de Assis Rodrigues é professor na Universidade Federal do Pará, Brasil.

Leave a Reply