Análise de domínio da produção científica sobre Coleta de Dados no contexto do Institute of Electrical And Electronics Engineers

Este estudo teve como objetivo identificar pesquisas que versam sobre a temática de coleta de dados. Para tanto foi utilizada análise de domínio em publicações científicas, com a aplicação de uma análise de citações e cocitações.
A identificação dos representantes da temática de coleta de dados e a interlocução existente entre eles foi obtida a partir do processamento dos conjuntos de metadados sobre publicações em periódicos disponíveis da base de conhecimento IEEE Xplore(r) Digital Library. Como estratégia de busca, utilizou-se na interface de busca avançada os termos ‘Data Collecting’, ‘Data Collect’ e ‘Data Gathering’, concatenados pelo operador booleano ‘OU’. Foram recuperados dados sobre 2.278 publicações e a amostra foi delimitada aos artigos publicados em periódicos científicos entre os anos de 1954 e 2018, totalizando 281 publicações. Para cada artigo, foi coletado o conjunto de referências na forma de documento HTML. Sobre o conteúdo obtido foi aplicado um algoritmo para a conversão das referências de HTML para CSV e a serialização das referências para o padrão de estilo IEEE Editorial Style.
Foram processadas 5.867 referências e identificados 8.267 autores, sendo descartadas 270 referências por estarem fora do padrão. Aplicou-se a Lei do Elitismo de Price para a delimitação do corpo de autores nas análises de citação e cocitação, totalizando 91 autores, número este que foi arredondado para 94 para contabilizar mais 3 autores que possuíam o mesmo número de citação do 91º autor.
Posteriormente, aplicou-se um algoritmo para a geração das matrizes i) citados e citantes e ii) de frequência absoluta de cocitação. A partir destes dados, a identificação de informações sobre nacionalidade e associação institucional foram obtidas por processamento manual. Foram calculados os indicadores de rede social: i) Densidade da Rede, representando a intensidade de relacionamentos entre autores da rede e ii) Centralidade de Grau, representando o número de ligações incidentes em um autor.
A análise dos dados resultou em uma Densidade de Rede no valor de 3,20 e desvio padrão amostral de 3,34, ou seja, cada pesquisador têm aproximadamente 3 relacionamentos com pares da rede; e Centralidade de Grau no valor de 20,93%, demonstrando dispersão, com cada vértice possuindo 20,93% de probabilidade de receber alguma interação da rede. A dispersão está associada com a amplitude do domínio analisado, pois coleta de dados é um tema recorrente em diferentes áreas do conhecimento, mas aderente ao contexto de publicação dos periódicos da IEEE.
Ao analisar a Centralidade de Grau dos autores individualmente, é possível observar uma relação com a quantidade de citações recebidas, uma vez que os 13 principais autores do índice de Centralidade de Grau são também os mais citados, representando 25,16% de todas as citações recebidas da rede. Neste grupo, foi identificado uma média de 7,69% de representatividade de cada autor no total de citações, com amplitude variando entre 6,12% e 11,76%.
Conclui-se que a temática apesar de amplamente citada apresenta um núcleo estadunidense, ligado às instituições UC, USC e MIT.

Palavras-chave: Coleta de Dados. Análise de Domínio. IEEE.

Autores

  1. Fernando de Assis Rodrigues
  2. Fábio Mosso Moreira
  3. Ricardo César Gonçalves Sant’Ana

Texto completo

  1. X EIICA
  2. Research Gate

Informação e Tecnologia: Percurso Temático do GT 08

O percurso temático do Grupo de Trabalho GT 08 foi identificado a partir da análise dos trabalhos apresentados nas modalidades de Comunicação Oral e Pôster, durante os anos de 2008-2016. O estudo qualitativo e quantitativo se deu a partir da análise de domínio, para identificar como se dá a abordagem das tecnologias no interior do GT 08 partindo de sete categorias de análise estruturadas a partir da ementa do GT e da proposta de Santos et al. (2013), identificando, temáticas, autores e instituições em cada uma delas. Esta etapa do estudo resultou no mapeamento dos trabalhos do GT 08 – Informação e Tecnologia, com a visualização das principais abordagens sobre as tecnologias no contexto do GT 08, sua distribuição nas modalidades de apresentação e os rankings de autoria e de instituições.

Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Redes Sociais Online

O uso de serviço de redes sociais on-line suscitam preocupações na forma que informações dos indivíduos são compartilhadas, como, por exemplo, a partir do processo de coleta de dados de usuários que estão armazenados nas instituições proprietárias dos serviços. O objetivo deste estudo é estabelecer uma contextualização dos conceitos envolvidos no processo de coleta de dados disponibilizados por serviços de redes sociais online, a partir da análise de conteúdo realizada em documentos de cunho técnico-operacional e nos Termos de Uso e pela exploração das características das interfaces de coleta.

Analise do uso de redes sociais como ferramenta para divulgação de conteúdos publicados em sites: um estudo do projeto de extensão CoDAF

Este trabalho tem como objetivo identificar elementos que permitam analisar a eficácia de estratégias de divulgação de um site de projeto de extensão por meio da utilização de redes sociais.

O universo de pesquisa foi delimitado a estatísticas disponíveis no site do projeto de extensão Competências Digitais para Agricultura Familiar (CoDAF) e disponíveis no gerenciamento de páginas da rede social Facebook, no período de outubro de 2014 a julho de 2015.

Uso de taxonomia sobre privacidade para identificação de atividades encontradas em termos de uso de redes sociais

O objetivo deste trabalho é explicitar, a partir dos termos de uso de redes sociais, elementos que permitam identificar possíveis atividades que apresentem efeitos potencialmente prejudiciais a privacidade, seja por agentes internos ou externos.

Para tanto, utilizou-se a Taxonomia da Privacidade de Solove para estabelecer uma categorização destas ações nos termos de uso disponibilizados pelas redes sociais, com enfoque nas diretrizes estabelecidas nestes termos sobre questões inerentes as fases de coleta e armazenamento de dados pessoais.